Trump pode anunciar transferência de embaixada dos EUA para Jerusalém

A Casa Branca pode anunciar amanhã a transferência da embaixada dos Estados Unidos de Tel-Aviv para Jerusalém, de acordo com informações da rede de notícias israelense Harutz Shtaim (Channel 2).

O canal de televisão citou uma fonte anônima que teria afirmado que um membro da equipe do governo de Donald Trump deve anunciar a medida em seu primeiro dia integral de trabalho como presidente norte-americano. O Harutz Shtaim, entretanto, afirmou que não recebeu confirmação da medida e nenhum comunicado público sobre a questão foi divulgado.

A transferência da embaixada dos EUA para Jerusalém representaria um divisor de águas na política externa norte-americana e uma medida provocativa de Trump, pois a cidade é contestada como capital por israelenses e palestinos. Trump afirmou repetidas vezes que pretende transferir a embaixada, apesar dos alertas de que a medida violaria a lei internacional.

Em janeiro, autoridades norte-americanas e fontes do ministério de Relações Exteriores de Israel afirmaram que o próximo embaixador dos EUA no país poderia ficar baseado em Jerusalém, enquanto a embaixada oficial permaneceria em Tel-Aviv.

Israel anexou Jerusalém Oriental na Guerra dos Seis Dias, em 1967. A medida não foi reconhecida pela comunidade internacional. O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu deve conversar por telefone com Trump ainda neste domingo.

SHARE