Pastor Valdemiro é resgatado em barco à deriva em Ilhabela, SP

O pastor Valdemiro Santiago e mais dois homens foram resgatados na madrugada desta quarta-feira (18) após ficarem por cerca de 15 horas em um barco à deriva em Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. Ninguém se feriu.

A embarcação saiu da marina por volta das 5h de terça-feira (17) e apresentou problemas mecânicos. Na lancha, estavam o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, o genro do pastor e o piloto. Eles teriam saído de barco para pescar em alto-mar.

A pane no barco aconteceu por volta das 10h e os ocupantes ficaram na embarcação à deriva por 15 horas. Segundo o Corpo de Bombeiros, os ocupantes da lancha conseguiram ligar para um sobrinho do pastor que estava em São Paulo, que acionou as equipes de resgate e passou as coordenadas.

A lancha, que seria propriedade do líder religioso, foi encontrada a cerca de 13 km da Ponta do Boi, costa sul da ilha. De acordo com a Capitania dos Portos, um outro barco particular, que estava próximo da região, chegou a ser acionado para ajudar no resgate, mas não conseguiu fazer o reboque da lancha.

Os bombeiros conseguiram fazer o resgate dos tripulantes no começo da madrugada. Nenhum dos ocupantes da embarcação se feriu. O G1 tentou contato a Igreja Mundial do Poder de Deus, mas nenhum representante da instituição foi localizado para comentar o caso.

Pastor esfaqueado
No dia 8 de janeiro, o pastor Valdemiro Santiago foi atacado com uma facada no pescoço durante um culto em um templo da igreja no Brás, centro de São Paulo. O pastor foi levado para o Hospital Sírio Libanês com um corte profundo no pescoço e levou 25 pontos. O apóstolo recebeu alta no mesmo dia.

Já o agressor foi preso em flagrante com um facão. Ele está desempregado e disse que teve uma discussão com o pastor há algumas semanas. O caso foi registrado como tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil.

SHARE