Paris Jackson, filha de Michael Jackson, diz que cantor foi assassinado

Paris Jackson, filha de Michael Jackson [1958 – 2009], afirma em uma entrevista publicada nesta terça-feira (24) que o cantor foi assassinado. À revista americana “Rolling Stone”, a jovem de 18 anos também disse que o pai sabia que seria morto.

“Porque é óbvio. Tudo aponta para isso. Parece uma teoria da conspiração e parece besteira, mas todos os fãs reais e todo mundo da família sabe disso. Foi uma armação. Foi mentira”, afirmou Paris.

Segundo ela, “muitas pessoas” queriam Michael morto. Sobre querer justiça, Paris afirma que “é um jogo de xadrez. E eu estou tentando jogar o jogo de xadrez da maneira certa. É tudo o que posso dizer agora”.

“Ele dava dicas sobre pessoas estarem querendo pegá-lo”, conta. “E, em um momento, ele falava tipo: ‘Eles vão me matar um dia’.”

Filha de Debbie Rowe, enfermeira que foi a segunda mulher do cantor, Paris tinha 11 anos na época de sua morte. Na entrevista, ela conta que só fiquei sabendo da existência da mãe aos 10 anos, mas só foi conhecê-la aos 13.

SHARE