Boato de sequestro de crianças divulgado via WhatsApp causa 7 mortes

Todo cuidado é pouco com mensagens e alertas que se recebe sem fontes conhecidas no WhatsApp. E não apenas por causa de vírus ou roubo de dados. Uma mensagem falsa, divulgada em grupos de usuários do aplicativo em Jharkhand, na Índia, provocou a morte de pelo menos sete pessoas.

O texto dizia que homens estranhos estariam sequestrando crianças, como aconteceu recentemente em São Paulo. Conforme o Hindustan Times, os supostos criminosos estavam com “sedativos, injeções, spray, algodão e toalhas pequenas”.

O medo fez com que centenas de homens, armados com arcos, machados e espadas, se juntassem nas ruas de Seraikela-Kharsawan e Singhbhum para caçar “homens estranhos”. Mesmo que, segundo o delegado responsável pela região, Aminesh Naithany, tenha dito que “nem um único caso de sequestro de crianças foi reportado na área”, como publicou o Olhar Digital.

Como apenas quatro policiais rondavam a área, eles não conseguiram conter a multidão. “Como as pessoas não são educadas, elas não conseguem diferenciar uma notícia verdadeira de um boato”, declarou Naithany. A polícia informou que identificou e prendeu pelo menos 20 pessoas que lideraram os linchamentos. Os delegados da região foram suspensos por negligência.

SHARE