Bahia perdeu mais 69.404 postos de trabalho com carteira assinada

Em 2016, a Bahia teve saldo negativo no número de empregos formais, apontam dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) anunciados na sexta-feira (20).

O desempenho no ano, no entanto, foi melhor que o verificado em 2015. Em 2016, o saldo foi de -69.404; em 2015 foi de -83.076.

Apesar dos números ainda serem negativos, a comparação já mostra uma diminuição significativa no fechamento de vagas. A crise começou a perder fôlego em abril de 2016, quando o país registrava o pico de vagas fechadas em um período de 12 meses.

Mas esse número começou a cair mês a mês. Em dezembro de 2016, a Bahia registrou 35.530 admissões e 51.802 desligamentos, um saldo de -16.272 (variação relativa -0,95%), segundo informações do Ministério do Trabalho.

ITABERABA

De janeiro a dezembro de 2016 o município de Itaberaba contratou 2.254 profissionais e demitiu 1.480, gerando uma variação absoluta de 774 novos postos de trabalho com carteira assinada.

SHARE